<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1750190188405548&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

5 situações que preocupam educadores e podem ser resolvidas com a tecnologia adequada

Postado em 25 de Agosto de 2020

Pandemia acelerou a prática do ensino a distância, agora instituições de ensino precisam garantir a melhor experiência para seu ecossistema.

Hoje já é possível afirmar que o ensino à distância saiu da posição de “alternativo” para a principal forma de cumprir a programação proposta pela grade de disciplinas dos diferentes níveis de estabelecimentos de ensino. Apesar de alguns conflitos culturais ainda prevalecerem por parte de gestores de instituições de ensino, educadores, pais e alunos, nesta modalidade, a tecnologia mostrou que, além de atender aos pontos mais críticos do ensino, se antecipou a algumas demandas, antes nem pensadas com a chegada da pandemia.

Antes de entrar nos benefícios da tecnologia, vamos contextualizar melhor o atual cenário dos educadores, a partir de relatos reais.

  1. "Viemos de um modelo presencial, numa mudança abrupta. Mas certamente é uma mudança sem volta. O processo online veio para ser uma ferramenta importante". Esta frase foi formulada por um educador e condiz com o seu ambiente de trabalho, porém, se pensarmos bem, do momento em que levantamos da cama, até a hora em que voltamos a dormir, estamos rodeados por sensores e dispositivos conectados na nuvem e na rede de telefonia celular. Se um desses elementos falhar, fatalmente o dia, tanto do gestor, quanto do educador e do próprio aluno será mais tenso. Conclusão: você já parou para analisar se a infraestrutura do seu estabelecimento de ensino está preparada para suportar 100% do seu ecossistema sem interrupção?
  2. “O ensino a distância é uma ferramenta valiosa, mas é preciso tempo e organização para que os professores possam aprender a usar essa ferramenta”. Não é difícil alguém recomendar algumas ferramentas gratuitas disponíveis na internet, concorda? Elas surgiram nos últimos anos como uma verdadeira febre, no entanto, seus recursos limitados e eventuais instabilidades podem gerar uma grande dor de cabeça para assegurar a transmissão de aula com qualidade.

    MELHORE A EXPERIÊNCIA DO SEU ALUNO



  3. "A cada dia, recebemos mais e mais relatos de professores que estão extremamente estressados e exaustos. A principal queixa deles é que não estão conseguindo ministrar o ensino a distância por várias questões: acesso à tecnologia, falhas na programação, falta de recursos, seja internet ou celular para dar conta das atividades". É praticamente impossível um gestor identificar “causa” e “efeito” de um problema que surge ao longo do dia. Existem servidores de dados e aplicativos na nuvem, ou mesmo fisicamente localizados em alguma sala no estabelecimento de ensino. Um sistema em versão desatualizada pode desandar todo o resto. Um protocolo de comunicação configurado de forma equivocada pode travar uma rede por completo.
  4. "É lógico que dá medo. Eles têm que sair da zona de conforto, pois o processo é novo e trabalhoso". É possível gerar conforto, em uma zona de desconforto? Assegurar este estado da arte não é algo fácil de se prometer, porém minimizar falhas e maximizar resultados com a tecnologia, sim. A tecnologia no ensino está madura e pronta para servir a todos, sem medo de trazer felicidade e bem estar. Estamos falando de aulas mais interativas, sem interrupção na transmissão e com muita segurança para ninguém desautorizado, acessar informações sigilosas.
  5. "Temos sido obrigados a fazer um monte de relatórios para provar que o professor está, de fato trabalhando". Além da infraestrutura, a gestão de produtividade, sem dúvida, passou a ser uma preocupação em escolas, faculdades e universidades. Este é um dos pontos onde a tecnologia mais avançou. Com o surgimento da inteligência de dados, todas as informações do ambiente educacional são geridas de forma íntegra e eficaz, dentro de modelos estabelecidos de acordo com as necessidades específicas.

Agora que tratamos de algumas situações reais e prementes, que tal falarmos como a tecnologia pode impactar os estabelecimentos de ensino a ajudar gestores, educadores, pais e alunos a conviverem melhor durante este período tão desafiador? Clique aqui e saiba mais.


Tecnologia transformadora para ensino de resultado

Tags: Infraestrutura, Transformação digital

Comentários

Deixe seu comentário ou dúvida abaixo, lembrando que os comentários são de responsabilidade do autor e não expressam a opinião desta editoria. A Logicalis, editora do blog Digitizeme, reserva-se o direito de excluir mensagens que sejam consideradas ofensivas ou desrespeitem a legislação civil brasileira.